Junho Violeta: campanha alerta para prevenção de doença que pode levar à cegueira – Olhar Digital

O Ceratocone é uma doença ocular genética que danifica a estrutura da córnea e, sem o tratamento necessário, pode levar à cegueira. De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), a doença está presente em uma a cada 2 mil pessoas no Brasil, chegando a atingir cerca de 150 mil brasileiros atualmente.

Para alertar a população sobre a gravidade e necessidade de tratamento da doença, existe a campanha Junho Violeta.

Os sintomas do Ceratocone normalmente aparecem durante a puberdade e podem piorar até os 30 anos de idade, segundo o médico oftalmologista Guilherme Rocha. O especialista em córnea e lentes de contato alerta que quanto mais cedo os sintomas aparecem, mais agressiva é a progressão da doença que leva à cegueira nos piores casos.

O oftalmologista afirmou que a coceira nos olhos está entre os principais sintomas dos portadores de Ceratocone e ressaltou que esse problema deve ser controlado para evitar a piora da doença, principalmente, evitando contato com poeira, ácaro e uso de medicações, como o colírio.

Existem alguns sinais que podem facilitar a suspeita da doença, entre eles: a troca de óculos frequente, olhos sempre vermelhos e inflamados, histórico familiar, diminuição súbita da visão. Além disso, especialistas afirmam que é comum a associação do Ceratocone com a síndrome de Down, síndrome de Turner, amaurose congênita de Leber, retinose pigmentar, síndrome de Marfan e prolapso de valva mitral.

Fonte: Olhar Digital

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support