Reabilitação visual na retinopatia diabética

A reabilitação visual pode ajudá-lo a superar os desafios de viver com a retinopatia diabética.

O que é retinopatia diabética?

A retinopatia diabética é causada por vazamentos em vasos sanguíneos e artérias que danificam a retina – a fina camada de tecido atrás do olho que nos permite enxergar. A retinopatia diabética afeta pessoas com diabetes avançada ou a longo prazo.

Como a retinopatia diabética afeta a visão?

Pessoas com retinopatia diabética geralmente apresentam visão embaçada ou distorcida, diminuição na habilidade de ver detalhes, dificuldade para ler, aumento da sensibilidade à luz, redução da visão das cores e uma necessidade maior por luminosidade.

O que pode ser feito?

A reabilitação visual pode ajudá-lo a ganhar as habilidades e a confiança para viver normalmente com a perda de visão.

Uma equipe de profissionais fornecerá a você: 

  • Aconselhamento para ajudá-lo a enfrentar a perda de visão e os seus sentimentos;
  • Técnicas para se movimentar com segurança em casa ou na vizinhança;
  • Apoio para usar aparelhos ópticos ou sistemas de ampliação eletrônicos receitados pelo oftalmologista para maximizar a visão existente e ajudá-lo a continuar a ler;
  • Novas maneiras seguras para realizar tarefas em casa, assim, como cozinhar, controlar as finanças e assuntos pessoais;
  • Conhecer e usar as últimas tecnologias no uso do computador, podendo acessar a internet e o e-mail.
  • Os profissionais de reabilitação visual têm amplo conhecimento e podem ajudá-lo a encontrar soluções para as suas necessidades especiais. Adaptações práticas que podem ajudá-lo com a perda da visão pela retinopatia diabética incluem:
  • Implementar a iluminação (lanternas superpotentes, luminárias flexíveis ou ajustáveis);
  • Redução da claridade através da escolha de lâmpadas que funcionem melhor para você (algumas pessoas preferem fluorescentes) e uso de lentes coloridas;
  • Programas de computadores que falam e imprimem em letras grandes para uso em domicílio, no trabalho ou na escola;
  • Maneiras alternativas de leitura que incluem letras grandes ou livros, revistas e jornais em áudio, assim, como tecnologia adaptável para acessar livros eletrônicos na internet;
  • Etiquetação de medicamentos e técnicas organizacionais;
  • Etiquetas para equipamentos com botões e objetos domésticos – marcados com furinhos em alto-relevo para ajudar a distinguir objetos similares; 
  • Guias de leitura/escrita, papéis com linhas escuras, canetas especiais que permitem sentir a escrita em preto, telefones e relógios com números grandes e mecanismos sonoros;

Técnicas de segurança para minimizar danos e obstáculos, assegurando que você possa se movimentar e realizar tarefas domiciliares com independência. Estas práticas, embora muito úteis, não serão aplicadas da mesma forma para todas as pessoas. Somente alguns profissionais especializados podem ensiná-lo. É, por isso, que é muito importante que você se consulte com um profissional de reabilitação visual.

Os especialistas em reabilitação visual podem ajudá-lo a administrar sua vida: em casa, no trabalho, na comunidade e em todas as etapas da vida. Pergunte ao seu médico sobre a reabilitação visual e como estes serviços especializados podem melhorar a sua qualidade de vida.